As grandes marcas e suas … filhas?

É mais do que natural termos nossas marcas favoritas. Com o tempo você começa a entender que a qualidade daquela marca é muito boa, ou que o estilo dessa combina muito com a sua vida, ou mesmo que o custo benefício daquela outra não tem comparação. E aí você cria a rotina de entrar naquela loja toda vez que tenha a mais leve intenção de – talvez, quem sabe – comprar alguma coisa.111
Tão normal quanto é não sentir atração por outra marca. Por exemplo: sempre que eu passo na frente da Le Lis Branc eu vejo uma marca sofisticada, com muita qualidade e roupas lindas. Se eu vir alguém na rua vestida inteira de Le Lis Blanc, provavelmente vou achá-la extremamente bem vestida. Mas sempre que eu entro na loja, nunca acho alguma coisa que me de vontade de comprar. É estranho como devemos culpar tudo isso no estilo que adotamos. Algumas lojas como um todo não combinam comigo.

07_MHG_rio_escola_realengo
Agora, obviamente eu não fui a unica que percebeu isso. Algum marqueteiro muito bem pago também percebeu que essas lojas enormes e que ganham rios de dinheiro podiam ganhar ainda mais se me convencessem a comprar nela. Mas como me convencer sem perder a cliente antiga? Talvez se fizesse uma outra sessão, com roupas de outro estilo? Talvez se eles variassem mais os estilistas? E se eles fizessem uma nova loja? Eles usariam a mesma fabrica, os mesmos recursos, abririam uma nova marca, com um novo nome, novo cheiro, novo estilista e – o que é melhor – um novo público!
É o que muitas marcas fazem.

1t
A Le Lis Blanc, por exemplo, é dos mesmos donos que a John John e a BoBô – todas com estilos extremamente diferentes. A Ellus, marca grande e consagrada, teve uma filhinha com estilo bem mais jovens chamada de 2nd Floor. A Animale tem um bebezinho com roupas que – segundo a vendedora da loja – são bem mais dia-a-dia chamada de FYI e a Reserva, marca masculina de renome, criou a Eva, que vende roupas femininas (e lindas por sinal! a loja em Ipanema é L.I.N.D.A).

1
Esses são só alguns exemplos de marcas que procuram alcançar novos públicos criando novas marcas. Então, se a curiosidade é uma de suas características, a próxima vez que você entrar em uma loja nova, que nunca viu antes, pergunte “de onde é essa marca?”, pode ser que a resposta seja uma de suas lojas favoritas. Ou uma das que você não suporta – só para deixar as coisas mais interessantes.

Comprando Online!!

Se tem uma coisa que todo brasileiro ama reclamar são os altos preços de tudo. Culpe os impostos, culpe os comerciantes – que gostam de exagerar a margem de lucro – todo mundo sabe que preços abusivos são normais. E aí a gente faz o que pode, como ir até o Paraguai/Argentina fazer umas comprinhas de vez em quando ou aproveitar nossas viagens internacionais e trazer bem mais do que precisamos. Mas ultimamente eu tenho ouvido muita gente mencionando compras online.

111111.........
A primeira vez que eu ouvi alguém do mundo real falando em comprar roupas online foi uma menina que estava usando um óculos lindo, que eu obviamente elogiei. A conversa foi mais ou menos assim:

— Que lindo seu óculos! Onde você comprou?

— No Ebay!!

— Serio?

Eu achava ridícula a ideia de comprar coisas sem experimentar. E se não ficasse bom? Além disso pensa em todos os riscos! Eu definitivamente já tinha visto notícias o suficiente de gente que colocava os dados do cartão em algum site e tinha sua conta esvaziada. Mas a curiosidade bateu mais forte e eu acabei entrando no ebay. Eu acabei fazendo uma conta no PayPal (que – depois de algumas pesquisas – parecia seguro o suficiente) e acabei pedindo 2 óculos. Nem um dos dois custou mais que R$ 10,00 – era uma pechincha!

18
Quando eles chegaram – verdade seja dita, quase 2 meses depois – eu surtei. Eles eram lindos, perfeitos e com mais qualidade do que muitos óculos vendidos aqui por muito mais dinheiro. E assim surgiu uma paixão.

Agora eu tenho algumas regras.

1. Eu nunca compro nada que eu realmente precise. Os produtos que eu costumo comprar vem de algum lugar do outro lado do mundo, então eu preciso de paciência.

1........
2. Eu nunca compro nada extremamente caro. Chame precaução, mas eu sinto que se algo não chegar eu vou me sentir bem melhor de não ter perdido muito dinheiro. Mesma coisa no caso de a qualidade não ser a melhor. Se você comprou um vestido por R$ 15 e ele tem um fio solto, é quase que esperado. Se você gastou R$ 50, pode ser mais decepcionante.1...........
3. Eu só compro em sites confiáveis – sites grandes, que ganham dinheiro pela quantidade de venda que fazem e que não correriam o risco de sujar sua reputação em fazer esquemas. No caso Ebay, preste atenção no vendedor. Não custa nada gastar algum tempo lendo as opiniões. As vezes elas ajudam até a entender a qualidade do produto. 1..
226441_200489106654363_149421121761162_451044_4963275_n

Seja como for, compre no Ebay, no AliExpress ou em alguma loja online que a sua amiga recomendou, eu sugiro que se divirta. O mundo das compras online é relativamente novo e agora é hora de explorá-lo. Quem sabe um dia não iremos mais frequentar as lojas físicas, quem sabe tudo vai ser pela internet?

OMBRÉ HAIR… EU FIZ!

Oi meninas, tudo bom? Hoje vou falar um pouquinho do ombré hair que fiz faz algum tempinho já (mês de abril).

Já fazia tempo que eu queria fazer uma mudança no visual e não sabia como. Meu cabelo estava enooooorme! Eu adoro, mas as pontas estavam muito danificadas por isso cortar era mais que necessário. Além da repicada básica optei pelo ombré que está super em alta e da uma iluminada no rosto o deixando com aparência mais jovem. Pedi a cabeleireira para que não puxasse a cor para a raiz e sim para as pontas, e também para que não ficasse aquele tom de loiro artificial/marcado. Primeiramente ela descoloriu as pontas (que foi um procedimento rápido), após passou a tinta em um tom dourado puxado para o mel que começa mais claro nas pontas e conforme a direção da raiz escurecia ficando assim um degrade natural. Depois da tintura foi passado tonalizante para finalizar.

Minha primeira reação após ver ele seco e escovado foi “Meu Deus, ficou muito loiro!”. Confesso que passei a amar somente no terceiro dia haha devido nunca ter feito nada do tipo em meu cabelo. Então minha dica para as morenas, assim como eu, façam em um tom mais para o dourado do que loiraço, que além de ficar lindo fica natural.

10300671_586321214799143_7307312049763910375_n

O que acharam? Beijo